LIGUE JA! OU NOS MANDE UM RECADO NO WHATSAPP.

LIGUE JA! OU NOS MANDE UM RECADO NO WHATSAPP.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Três pessoas foram detidas em uma operação na manhã desta quinta-feira (21), em Tupaciguara, no Triângulo Mineiro. De acordo com a Polícia Militar (PM), foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão que foram expedidos pelo juiz Eduardo Ribeiro de Oliveira. A Operação Impacto foi realizada em trabalho conjunto da PM e da Polícia Civil. Seis policiais militares e quatro investigadores da Polícia Civil participaram da ação.
Segundo a PM, o mandado de busca e apreensão foi cumprido e um jovem de 24 anos e uma de 23 foram presos suspeitos por tráfico de drogas em uma casa no Bairro Tiradentes. Com eles foram localizados e apreendidos 44 pedras de crack, duas buchas de maconha, uma motocicleta e R$ 364. O jovem de 24 anos tem passagens pela polícia. O mandado de prisão também foi cumprido e um homem de 34 anos foi preso. Ele também já tinha passagens na polícia.
Uma jovem de 20 anos e um rapaz de 21 foram presos nesta quarta-feira (20), na Rua Furtado de Menezes, Bairro Laginha, em Formiga, sob suspeita de traficar drogas. Durante patrulhamento, a Polícia Militar (PM) apreendeu com os suspeitos em um carro quatro tabletes grandes de maconha e dois celulares.
De acordo com a PM, os jovens são conhecidos no meio policial e possuem passagem por tráfico de drogas. Eles foram presos e encaminhados juntamente com o material apreendido para a Delegacia de Polícia Civil de Formiga. O veículo localizado com os suspeitos foi levado para o pátio credenciado do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Três homens foram presos na noite de terça-feira (19) em uma boca de fumo de crack no Aglomerado Casinha do Lagoa, na região de Venda Nova, em Belo Horizonte. Além de droga, eles estavam também com um arma calibre 12, que segundo a PM (Polícia Militar) é um armamento pesado.  
Ainda de acordo com os militares, uma denúncia anônima dava conta de que uma movimentação intensa de tráfico de drogas estaria acontecendo no aglomerado. E, ao chegar ao local indicado, os policiais encontraram Ronde Dantas Silva, de 31 anos, na entrada do beco.  
Ao ver os militares, o suspeito teria gritado "Galo Doido", que segundo a PM seria um aviso para os demais criminosos de que a polícia está na região. Ele ainda tentou fugir, mas acabou sendo alcançado e preso pelos policiais.  

Outros dois jovens, identificados como Weber Rodrigues dos Santos e João Paulo de Oliveira Firmino, ambos de 18 anos, também tentaram fugir, mas foram detidos. Com o primeiro, a polícia localizou uma sacola com algumas pedras de crack. Já com João Paulo, os militares apreenderam a arma, uma pochete com cinco munições de calibre 12, R$ 27,00 em dinheiro, quatro invólucros de crack e um celular.  
Conforme a PM, Ronde afirmou que seria usuário de drogas e estaria vigiando a entrada do beco em troca de uma pedra de crack, que receberia como pagamento. Já os demais suspeitos não disseram nada. Todos os envolvidos foram encaminhados para a Central de Flagrantes da Polícia Civil. 

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Dois homens, pai e filho, de 39 anos e 20 anos, foram presos tarde desse domingo (17), na Avenida Marechal Floriano, em Governador Valadares (MG). O rapaz foi preso por porte ilegal de arma e o homem por dirigir sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
Segundo a Polícia Militar, os dois suspeitos estava em um carro e quando viram a viatura policial, o rapaz teria guardado algo no porta luvas. O objeto era um revólver com cinco munições.
De acordo com a PM, a arma estava no lugar do aparelho de som em um fundo falso. Os suspeitos disseram que o revólver era para defesa pessoal porque os dois estariam sendo ameaçados.
O rapaz foi preso por porte ilegal de arma e o pai dele por dirigir sem carteira. Os dois foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil onde pagaram fiança e foram liberados.
Cento e cinquenta buchas de maconha foram localizadas na manhã desta segunda-feira (18) enterradas no interior das futuras instalações da Pastoral da Criança, em Ubá. Segundo a Polícia Militar (PM), durante patrulhamento pela Rua Fizinho Pirosca, no Bairro Antônio Bigonha, policiais receberam denúncia anônima sobre a localização dos entorpecentes.
Após escavações foram encontradas as buchas, que estavam enterradas ao lado de duas mangueiras. O material foi apreendido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Judiciária (DPJ).
Ainda de acordo com a PM, dois presos do presídio de Ubá trabalham no local como pedreiros durante o dia e retornam ao presídio de noite. A polícia informou que eles não estavam no local e não soube dizer o que acontecerá com eles.
O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF 2), no Rio de Janeiro, reformulou decisão de primeira instância e determinou a devolução para a família do senador Zezé Perrella (PDT-MG) do helicóptero apreendido com 443 quilos de cocaína, em novembro do ano passado, no Espírito Santo.

A decisão contrariou parecer do Ministério Público Federal, que defendida que o embargo deveria ser mantido até o trânsito em julgado do processo e que a apreensão da aeronave interessaria à instrução criminal.

A ação tem como réu o piloto Rogério Almeida Antunes, ex-funcionário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, que havia sido indicado para o cargo pelo deputado estadual Gustavo Perrella (SDD), filho do senador e um dos sócios da empresa na qual a aeronave está registrada.

Em janeiro, a Justiça Federal no Espírito havia indeferido pedido da defesa e determinado que o helicóptero modelo Robinson 66 ficasse à disposição do governo estadual e da Polícia Federal. Em decisão cautelar, o juiz Marcus Vinícius Figueiredo de Oliveira Costa entendeu que o confisco do bem atendia ao "interesse público no combate ao narcotráfico".

Recurso

Há uma semana, no dia 12, o TRF 2 acolheu a tese apresentada pelo advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, que representa a família Perrella. A defesa alegou que não havia provas de envolvimento dos donos da aeronave com o transporte da droga. O recurso foi acatado por 2 votos a 1.

Pela decisão do TRF 2, a empresa dona do helicóptero, Limeira Agropecuária e Participações, fica proibida de alienar ou se desfazer da aeronave até o final da tramitação do processo. A empresa foi constituída por Zezé Perrella, que, posteriormente, doou as cotas para três herdeiros, entre eles Gustavo, candidato a deputado federal nesta eleição. "Meu cliente foi vítima de apropriação indébita. Em nenhum momento havia o mínimo indício da participação dele com o episódio", disse Kakay.

A PF apreendeu o helicóptero em uma fazenda no município de Afonso Cláudio (ES). Segundo o inquérito da PF, um dia antes da operação policial a aeronave esteve no Paraguai. Além do piloto foram presas outras três pessoas. Elas foram denunciados por tráfico internacional de drogas. Como Gustavo possui foro privilegiado, o processo que o citava foi remetido para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília, que, por sua vez, mandou arquivar o procedimento por falta de provas.

A Polícia Militar (PM) vai apurar a denúncia de que o comandante responsável pelo policiamento em Justinópolis, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), teria estabelecido uma meta de 30 multas de trânsito diárias para cada militar.  

Conforme a denúncia, o major Emerson Melgaço Marinho determinava que os policiais dessem prioridade ao trabalho das multas, mesmo que para isso as questões de segurança pública ficassem prejudicadas. 

A reportagem da Itatiaia tentou contato com Melgaço, mas ele não foi encontrado para falar sobre a denúncia. Já o comandante da 2ª Região, coronel José Hamilton Campos, disse que vai apurar as denúncias e tomará as devidas providências. 

Fontes da Itatiaia informaram que o major Emerson Melgaço Marinho já tinha estabelecido meta de multas quando era lotado em Betim, cidade da RMBH. Por isso, teria sido transferido para Ribeirão das Neves. 

Ouças as informações com Camila Dias 


Fonte: Rádio Itatiaia

OUÇA O(S) AUDIO(S) DESTA NOTÍCIA:

Major que teria determinado meta de multas diárias será investigado pela Polícia Militar
Uma denúncia anônima terminou na apreensão de armas e drogas nesta segunda-feira (18) no bairro Alto Vera Cruz, região leste de Belo Horizonte. Os materiais estavam escondidos em duas casas.
Segundo a Polícia Militar, em uma das residências foram encontradas uma pistola calibre 40 e um revólver calibre 38. Já na segunda casa os militares acharam uma barra de quase meio quilo de crack e mil pinos usados para embalar cocaína.
Os donos das casas, conforme a polícia, eram obrigados a guardar os materiais. Os verdadeiros donos não foram encontrados.
Um homem foi preso nesta segunda-feira (18) por crime ambiental em Raposos, na região metropolitana de Belo Horizonte. Na casa do suspeito foram encontradas 200 aves mantidas em cativeiro.
Os animais, de fauna silvestre, foram achados por meio de denúncia anônima. O dono disse à Polícia Militar que “gostava” de criar os pássaros. Uma armadilha foi encontrada na residência.
Segundo o sargento Edilei Pereira, é preciso ter autorização para criar os animais.
— Primeiro precisa adquirir um criador registrado, devidamente autorizado pela Ibama. Os animais são registrados e devidamente anilhados.
Os pássaros foram levados ao Ibama para cuidados veterinários e serão soltos em seguida.

domingo, 17 de agosto de 2014

Cerca de 17 quilos de maconha em 18 tabletes foram apreendidos no final da tarde deste sábado (16), com um motociclista, na rodovia Fernão Dias, no bairro Tereza Cristina, São Joaquim de Bicas.
 
Júlio Maziezzi de Mendonça, 28 anos, morador do Barreiro, em Belo Horizonte, foi abordado durante patrulhamento dos militares da 7ª Cia. Independente de Igarapé. O acusado teria resistido à ordem de prisão, mas caiu da motocicleta e foi detido pelos policiais.
 
"Ainda encontramos dinheiro e uma porção de cocaína. Ele alegou que estava fazendo apenas o transporte do produto e que entregaria a droga no Barreiro", contou o soldado Osvaldo Sena Nascimento.
 
Júlio tem outra passagem pela polícia e diz que receberia pelo serviço R$ 500. Ele será encaminhado para a Delegacia de Betim.
Um homem de 40 anos foi preso suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas neste sábado (16) em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri. Ele foi detido em casa, no bairro Manoel Pimenta.
A Polícia Militar já estava monitorando o local quando fez a abordagem nesta madrugada. No quintal da casa, em uma gaiola de coelhos, foi encontrado um tablete de 400 gramas de crack.
No bolso do suspeito os policiais ainda acharam R$ 250 em dinheiro. A movimentação de carros e pedestres na porta da residência, conforme a corporação, era grande no momento da abordagem.
Suiandro Rodrigues foi preso em flagrante e levado para a Delegacia de Polícia da cidade, juntamente com o material apreendido.

sábado, 16 de agosto de 2014

Um homem foi preso na tarde desta sexta-feira (15) suspeito de manter em cárcere um homem por causa de dívidas relacionadas ao tráfico de drogas em Montes Claros, norte de Minas.
De acordo com a Polícia Militar, sob supostas ameaças, a vítima ligou para um primo pedindo que pagasse pelo resgate.
“Desde a manhã desta sexta-feira, o primo já havia informado a polícia sobre o suposto sequestro e combinou a entrega do dinheiro em uma padaria no bairro Santos Reis. Após o pagamento, a polícia prendeu o autor”, afirma o sargento Darley Alkmin.Com o suspeito foi encontrado R$ 1 mil. Ainda segundo o sargento, o suspeito afirmou que a vítima estava envolvida no esquema para pedir o dinheiro ao primo.
“Depois da prisão eles ficaram se acusando e por isso os dois serão levados à delegacia para prestarem esclarecimento”, explica.
A polícia realiza rastreamento para encontrar um terceiro envolvido no esquema.
Um homem de 41 anos; a mãe dele, além da esposa de 21 anos foram presos na  tarde desta sexta-feira (15) em Mato Verde, no Norte de Minas Gerais.
Segundo a PM, a prisão foi executada em cumprimento de mandado expedido pela Justiça.
Com eles foram encontrados e apreendidos cerca de dois mil pinos de cocaína, crack e armas.
Todos os envolvidos, de acordo com a PM, possuem passagens por tráfico.Eles foram encaminhados à Delegacia de Janaúba.
A Polícia Militar apreendeu crack, dinheiro e duas balanças na Rua Izaurina Caíres, no Bairro Vereda, em Janaúba (MG), nesta quinta-feira (14). Ninguém foi preso.
Os policiais faziam patrulhamento quando viram um homem de 30 repassando um objeto para outro, em frente a uma casa. Quando os dois perceberam a presença da PM, eles correram e conseguiram fugir. No chão, a PM encontrou quatro pedras de crack, e no interior do imóvel foram encontrados R$ 125,85 e duas balanças.
Ainda de acordo com a PM, o local é utilizado para a venda de drogas. Aparelhos eletrônicos, que podem ter sido conseguidos com a venda de drogas, também foram apreendidos. O material foi levado para a delegacia.
Um jovem de 21 anos, suspeito de tráfico de drogas, foi detido no fim da tarde desta quarta-feira (13), em Prata, no Triângulo Mineiro. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) afirmou que o suspeito negou parar em abordagem de rotina e tentou fugir, sendo perseguido até o km 98 da rodovia BR-153. No veículo, foram encontrados 200 kg de substância similar à maconha, localizada no porta-malas e no banco traseiro. O jovem afirmou que obteve a droga no Paraguai e levaria para Uberlândia. Ainda segundo a PRF, o suspeito, a substância e o veículo serão encaminhados para a Polícia Federal de Uberlândia.
Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!