LIGUE JA! OU NOS MANDE UM RECADO NO WHATSAPP.

LIGUE JA! OU NOS MANDE UM RECADO NO WHATSAPP.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

A Polícia Federal (PF), com apoio da Polícia Militar (PM), prendeu na madrugada desta sexta-feira (12) na MG-050, em Capitólio, quatro homens suspeitos de tráfico de drogas. Entre eles estava Wasley César, ex-advogado de Luiz Henrique Romão, o Macarrão. Ele era secretário e amigo do goleiro Bruno, suspeito de matar Eliza Samúdio em 2012.
De acordo com a PF, cerca de 200 quilos de maconha foram apreendidos em dois carros que pararam para abastecer em um posto de combustíveis quando foram abordados. A polícia chegou até eles após denúncia e a maconha estava no porta-malas de um dos carros. Segundo os militares da 7ª Região de Divinópolis a droga seria distribuída em Nova Serrana.
Os suspeitos estão na Delegacia da Polícia Federal e devem ser ouvidos ainda nesta sexta-feira. Wasley César estava no veículo que dava apoio ao transporte da maconha que saiu de Mato Grosso. Os suspeitos estão em Divinópolis ondem devem prestar depoimento ainda nesta sexta-feira. A PM informou que Wasley é ex-policial e que durante o exercício da profissão foi expulso da corporação.
Terminou com troca de tiros e um homem preso uma ocorrência envolvendo o roubo do carro de uma assessora do deputado estadual Cabo Júlio na noite desta quinta-feira. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a vítima foi abordada no Bairro Dom Bosco, na Região Noroeste de Belo Horizonte, e obrigada a descer do veículo. Os bandidos foram localizados em Contagem, próximo ao local do crime.
Segundo a PM, a vítima que estava em um Punto prata contou que trafegava pela Rua José Pereira quando foi surpreendida pelos criminosos. A mulher, segundo um policial militar que preferiu não se identificar, seria tenente da corporação. A ocorrência aconteceu por volta das 19h. A polícia foi acionada e depois de identificar o veículo começou a perseguir os bandidos. Houve troca de tiros.

O carro levado pelos suspeitos foi interceptado na Rua Padre Feijó, no Bairro Milanez. Um dos homens foi preso e o outro conseguiu fugir. O veículo foi atingido por, pelo menos, nove tiros, mas ninguém ficou ferido. Ainda segundo a PM, a assessora do deputado não foi machucada pelos criminosos.
Dois homens e uma mulher foram detidos com um carro roubado e R$ 28 mil em dinheiro na BR-267, próximo a Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. O grupo viajava do Rio de Janeiro para São Paulo na noite desta quarta-feira (10).
John de Medeiros Silva, de 30 anos, Vitor Machado da Silva, de 32, e Natália Cristina Lima da Costa, de 20, mostraram documentos falsificados e o veículo era clonado, segundo a Polícia Rodoviária Federal. A placa original é do carro de uma dentista de Poços de Caldas, no sul de Minas Gerais. O trio alegou  que comprou a SUV em Campos dos Goitacazes, no Rio de Janeiro, por R$ 40 mil. Porém, o valor levanta suspeitas, conforme a PRF, já que está muito abaixo do preço de mercado do veículo, que é de R$ 100 mil.
O grupo não soube explicar as irregularidades na documentação, nem a origem do dinheiro encontrado. Eles podem ser indiciados por adulteração e falsificação de documentos e receptação.
Duas pessoas foram presas e três adolescentes apreendidos durante operação contra o tráfico de drogas em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Os trabalhos foram realizados em dois imóveis localizados no bairro Vila Francisco Mariano. 
 
Há dois dias, a polícia monitora a movimentação nos imóveis, que seria como ponto de distribuição de entorpecentes. Durante abordagem dos militares do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam), a polícia encontrou 674 pinos de cocaína, um suporte para arma, um rádio comunicador, dez cartuchos calibre .40, seis cartuchos calibre 12, 25 porções de maconha, 300 pedras de crack, 69 papelotes de rachiche, R$ 215, uma banana de dinamite, dois carregadores calibre 380, duas balanças de precisão e uma barra de dois quilos de maconha, além dos revólveres calibre, 32,38. e uma pistola .765.  “O material estava escondido nos telhados dos imóveis, quintal, galinheiro e até muro. Além dos entorpecentes havia muito material para embalar os entorpecentes. Grande parte do produto ilícito estava pronto para venda”, contou o sargento Ronaldo Gonçalves Rios. 
 
Entre os presos está Weverton Ramos de Souza, de 21 anos. Ele é considerado o chefe do tráfico de drogas na região. “O suspeito é responsável por comandar todos os pontos de venda e distribuição dos entorpecentes”, disse o sargento. Além do suspeito, Marcia Eliane Pereira de Souza, de 38 anos, também foi detida.  Dois adolescentes de 16 anos e outro de 17 anos foram apreendidos suspeitos de gerenciar os pontos de tráfico de drogas. 
 
Todos os envolvidos por encaminhados para a delegacia de Contagem.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Um jovem de 19 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas na noite de quarta-feira (10) em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.  
Segundo a PM (Polícia Militar), durante um patrulhamento de rotina no bairro Salomé, militares avistaram Daniel Henrique Ferreira de Souza em atitude suspeita.  
Ao abordar o suspeito, os policiais encontraram quatro papelotes de cocaína em um dos bolsos e R$ 20,00. Além disso, em uma árvore próxima ao jovem, os militares encontraram também meio quilo de maconha.  
Daniel Henrique foi preso e encaminhado à Delegacia de Plantão de Betim. 

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Na noite desta terça-feira (9), um carro de um policial militar pegou fogo na avenida Cristiano Machado, no bairro Guarani, região norte de Belo Horizonte. Pedestres tentaram ajudar o rapaz a controlar o incêndio com extintores, mas em minutos as chamas consumiram o veículo.
O carro, ano 1992, pertencia a Guilherme de Jesus. O militar voltava do trabalho quando percebeu que o veículo estava em chamas.
— Eu estava andando e simplesmente começou a pegar fogo. Comecei a parar várias pessoas pedindo extintor e não adiantou.
Segundo o Corpo de Bombeiros, o rapaz não conseguiu abrir o capô e, por isso, os extintores não foram eficientes. 
Denúncias anônimas levaram policiais militares a prenderem jovem suspeito de tráfico de drogas e apreenderem arma de fogo. De acordo com informações do cabo PM Oziel, os policiais receberam uma denúncia anônima de que havia uma arma de fogo escondida em uma sacola em via pública no bairro Gameleiras.
Eles foram até a rua José Geraldo de Moura e, durante rastreamentos, encontraram uma sacola contendo uma Pistola Taurus calibre 765,. municiada com 12 cartuchos intactos. Em seguida, eles receberam outra denúncia de que a arma pertencia a um jovem acusado de tráfico de entorpecentes que estava nas proximidades. Os policiais continuaram os rastreamentos e avistaram um suspeito com as mesmas características do denunciado caminhando próximo a uma praça pública.
Segundo o militar, ao percerver a presença dos policiais, o acusado engoliu uma bucha de maconha e, ao tentar dispensar outros entorpecentes, foi abordado e identificado como G.B.B., 18 anos. Eles realizaram buscas pessoais no jovem e encontraram dois tabletes de maconha. O acusado de tráfico de entorpecentes foi preso em flagrante e levado para Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) do bairro Abadia, onde os militares fizeram o Registro de Evento de Defesa Social (Reds). Posteriormente, ele foi encaminhado para a delegacia e apresentado ao delegado de plantão.
Viatura policial capotou e deixou quatro pessoas feridas. O acidente aconteceu na madrugada de ontem, quando, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o policial militar A.M.S.S., 31 anos, conduzia uma viatura policial Volkswagen Parati, de cor branca,  pertencente à Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG). Ele havia saído da cidade de Campo Florido, com destino à 15ª Delegacia Reginal de Segurança Pública (DRSP) em Uberaba.
De acordo com os policiais, o militar seguia pela BR-262, sentido Campo Florido/Uberaba, e tinha como passageiros os jovens M.D.C., 19 anos, M.H.M.A., 19 anos, e M.B.F., 18 anos, que são suspeitos de terem cometido um sequestro seguido de cárcere privado, além da testemunha E.A., 55 anos.
Ao passar por uma curva existente no km 820, o militar perdeu o controle da direção da viatura policial, saiu da pista e capotou várias vezes. Com o impacto, a viatura ficou completamente destruída e todos os passageiros, feridos.
Viaturas de resgate e salvamento do Corpo de Bombeiros foram ao local do acidente e, durante atendimentos pré-hospitalares, os militares constataram que E. tinha suspeita de fratura na clavícula e escoriações pelo corpo. O jovem M.H. teve escoriações pelo corpo e contusão no braço direito. Eles foram socorridos e encaminhados para o pronto-socorro do Hospital São Domingos. Já M.D. teve escoriações pelo corpo e suspeita de fratura na clavícula e M.B., escoriações pelo corpo. Eles foram socorridos e encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimnento (UPA) do bairro São Benedito.
O perito criminal Edírson Adriano Barbosa, da perícia técnica da Polícia Civil, foi ao local do acidente e realizou os trabalhos técnicos. Após serem atendidos e liberados, os jovens suspeitos de sequestro e cárcere privado foram levados para a delegacia e apresentados ao delegado de plantão.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Um homem foi preso com rádios comunicadores e armas de grosso calibre na noite dessa segunda-feira (8) no bairro Alto Vera Cruz, região leste de Belo Horizonte.
De acordo com a Polícia Militar, Wellington de Aparecida Lopes da Silva, de 26 anos, conhecido como Loirinho, foi detido em casa com uma carabina calibre 44, uma submetralhadora e três aparelhos eletrônicos.
O suspeito e o material foram levados para a Ceflan (Central de Flagrantes). A polícia acredita que tenha envolvimento com o tráfico de drogas e fazia parte de uma gangue da região. Loirinho estava junto com um comparsa, que conseguiu fugir.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Dois homens foram presos suspeitos de roubar um carro neste domingo (7) na região de Venda Nova, em Belo Horizonte. Outros dois comparsas deles conseguiram fugir.
De acordo com a Polícia Militar, o grupo estava em um Punto e não obedeceu uma ordem de parada no bairro Piratininga. Houve perseguição e os criminosos acabaram batendo em um poste.
Mesmo após o acidente, dois suspeitos que estavam no veículo correram e escaparam dos militares. Os dois detidos foram levados para a Delegacia de Polícia.
Quatro jovens, um de 23, dois de 24 e um de 25 anos, e um homem, de 40, foram detidos neste domingo (7), em um sítio na Comunidade Ferrador, em Carmo do Cajuru, suspeitos de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Após denúncias anônimas, a Polícia Militar (PM) localizou no sítio um revólver calibre 38 com quatro munições, 25 buchas de maconha, seis papelotes de cocaína, celulares e R$ 370 em dinheiro.
De acordo com a PM, no sítio são realizadas festas frequentemente. Os suspeitos detidos são conhecidos no meio policial e possuem passagens por homicídios, porte ilegal de arma, tráfico de drogas, furtos de veículos e receptação. Segundo a PM, os suspeitos foram detidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Carmo do Cajuru, juntamente com o material apreendido.
Uma troca de tiros a Polícia Militar e suspeitos terminou com dois homens mortos, no fim da noite de domingo (7), em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os militares envolvidos na ocorrência estão apreendidos no batalhão até a investigação do caso.
 
Conforme consta no Boletim de Ocorrência, policiais da Companhia de Missões Especiais faziam patrulhamento no bairro São Caetano quando na esquina das ruas Macapá com Rosas avistaram um Stilo cinza. Foi dada ordem de parada, mas o motorista desobedeceu e fugiu em alta velocidade.
 
O veículo foi perseguido, mas durante a fuga o condutor perdeu o controle a direção e bateu no meio-fio. Ainda de acordo com a PM, Elder Rodrigues Chaves, de 27 anos, Pedro Gonçalves da Fonseca, de 23, e um terceiro homem desembarcaram do automóvel atirando em direção aos militares.
 
Os policiais revidaram e durante o tiroteio dois suspeitos foram atingidos. Elder e Pedro chegaram a ser socorridos e encaminhados para o Hospital Regional de Betim. No entanto, a dupla não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. O terceiro homem fugiu e não foi localizado.
 
Outras duas pessoas estavam no Stilo. Iuri Gustavo Filgueira e uma adolescente de 16 anos contaram que pegaram carona com os homens, mas só dentro do automóvel viram que eles estavam armados. O carro foi removido para o Pátio de Betim. 
 
As armas usadas pelos militares foram apreendidas.
Em julho de 2014, 31 condenados que usam tornozeleira eletrônica na Grande BH foram flagrados descumprindo medidas - eles se aproximaram de vítimas de violência doméstica ou violaram o aparelho. De janeiro a maio, foram 74.O levantamento é feito pela Secretaria de Estado de Defesa Social. 

Durante uma semana, a reportagem pediu para a Seds informar a quantidade de descumprimentos nos demais meses de 2014 e em 2013, mas não obteve resposta. A estatística foi pedida, ainda, via Lei de Acesso à Informação, mas o Governo de Minas se recusou a enviar os dados com a justificativa de que a Seds e Seplag (Secretaria de Planejamento e Gestão) estão "procedendo a revisão da metodologia que define o quadro de vagas das unidades prisionais e socioeducativas", pois "até que o referido estudo seja concluído, se faz inviável a prestação de informação acerca do quantitativo total de vagas das unidades". A negativa da Controladoria Geral do Estado foi enviada 26 dias após o pedido.
Um policial militar reagiu a um assalto e atirou na perna de um adolescente de 16 anos na noite desta sexta-feira (5) em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.
O militar, que trabalha no Copom (Centro de Operações), voltava para casa em uma moto, sem farda, quando foi cercado por quatro homens em duas motos na avenida Tito Fulgêncio, no Jardim Industrial, perto do Hospital Santa Rita.

Ele conseguiu puxar o revólver rapidamente e atirou na perna de um dos suspeitos. O tiro pegou de raspão. Os outros três se assustaram e fugiram, e ainda não foram identificados.

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Uma operação envolvendo as Polícias Civil e Militar resultou na prisão de seis pessoas na manhã desta quinta-feira (4), na zona rural de Mantena, no Vale do Rio Doce. As seis pessoas presas pela polícia são suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas e homicídios na região.
De acordo com a polícia, antes da operação, foram expedidos mandados de busca, apreensão e prisão em desfavor dos suspeitos. A operação contou com a participação de 48 agentes, sendo policiais militares de Mantena e policiais civis de Governador Valadares, Galiléia, Mantena e Itabirinha.
“Há vários meses, as Polícias Militar e Civil em Mantena vêm recebendo informações sobre pessoas envolvidas com o tráfico de drogas e homicídios na cidade. Após levantamentos e trabalho qualificado das informações, bem como por meio de apurações de vários inquéritos policiais, foram requeridos, junto à Justiça, a expedição de vários mandados de busca e apreensão e mandados de prisão em desfavor de várias pessoas envolvidas em tais delitos”, explicou Assessoria de Comunicação Organizacional do Sexto Batalhão em Valadares em nota.
Além de drogas - crack e maconha -, balança de precisão, materiais para embrulhar drogas, telefones celulares, munições e diversos outros materiais também foram apreendidos.
Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!