Mundo dos Advogados;Faça contato e escolha seu advogado

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Um dos assaltantes de banco mais procurados do Brasil que também agia em MG é preso

Um dos assaltantes de banco mais procurados do Brasil que também agia em Minas Gerais foi preso e apresentado pela Polícia Civil mineira nesta quarta-feira (17). Gilcimar da Silva, de 33 anos, vulgo "Tiririca", tem mais de 20 mandados de prisões expedidos contra ele e é acusado de ter liderado dezenas de assaltos contra agências bancárias em Minas e em outros estados.
 
Atualmente, "Tiririca" levava uma vida de luxo e de tranquilidade com mulher e filho, em um nobre bairro de Curitiba, no Paraná. O homem foi detido no primeiro dia deste mês, na mesma cidade.
 
De acordo com a Polícia Civil,  Gilcimar da Silva é apontado como autor de fugas inexplicáveis e possui condenações de mais de 70 anos em regime fechado.
"Tiririca" estava sendo procurado desde 2.011, depois que conseguiu escapar quando era levado de Minas para uma prisão especial do Estado do Piauí. Na época, surgiu a informação de que Gilcimar da Silva teria subornado dois policiais militares daquele estado para ter a fuga facilitada no meio do caminho. Esses policiais estão presos e o caso está sendo investigado pela polícia, que também apura outra fuga da Casa de Detenção Antônio Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves, na Grande BH, em 2.006. "Tiririca" só voltou a ser localizado em 2.011, quando foi preso no estado de São Paulo e transferido para Minas. 
 
Entre os mais de 20 assaltos contra agências bancárias em Minas e outros estados, o delegado Antônio Júnio Dutra, do Deoesp, disse que "Tiririca" comandou as ações em um roubo contra uma agência do Banco do Brasil, em 2.004, quando o banco foi cercado pela polícia e aconteceu um intenso tiroteio. Na data, os criminosos mantiveram vários bancários e clientes como reféns dentro da agência e só se entregaram depois de muitas horas de negociações com a polícia. 
 
Gilcimar da Silva é proprietário de vários imóveis em Minas, no Paraná e Espírito Santo e, neste último estado, é apontado como líder de um grande grupo de tráfico de drogas em Vitória. Na capital capixaba, "Tiririca" teria feito uma "migração do roubo a bancos para o tráfico de drogas", segundo o procurador de Justiça do Estado de Minas, André Ubaldino.
 
Para comandar o crime na área dos assaltos a bancos e, agora, no tráfico de drogas no Espírito Santo, Gilcimar da Silva mantinha um farto e poderoso armamento com metralhadoras e usava documentos falsos para que pudesse transitar com segurança com seus carros de luxo por todo o Brasil. 
 
"Tiririca" foi encaminhado à Penitenciária de Segurança Máxima Nelson Hungria, em Contagem, na Grande BH.
 

# Compartilhar :

1 comentários:

avatar
Anônimo DeleteReply

mostra a cara vagabundo vc vai pagar pelo oque fez pr minha familia e pode ter certeza os que estao em pocrane tambem principalmente aquela luana vagabuda e o seu irmao o queixa a hora deles estao chegando logo estarei no pocrane

Postagem mais recente Postagem mais antiga Início